Clicky
Marca do Crea-AP para impressão
Disponível em <https://creaap.org.br/noticia_antiga_1121/>.
Acesso em 04/10/2022 às 11h14.

Novas carteiras profissionais: o Sistema no século XXI

11 de janeiro de 2016, às 9h01 - Tempo de leitura aproximado: 4 minutos

Um antigo anseio dos profissionais do Sistema Confea/Crea e Mútua está próximo de concretizar-se.  O Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) estabelece um marco histórico com a nova matriz de identidade profissional do Sistema – um moderno e versátil “cartão inteligente” que possibilita também a identificação integral das atividades desenvolvidas. 

As novas carteiras profissionais terão instrumentos digitais incorporados, facilmente acessíveis junto ao site do Confea e possibilitando armazenar os dados profissionais. Os Creas poderão disponibilizar os documentos com acesso a dados digitais a partir de 1º de dezembro.

 

“É o Sistema no século XXI. Vamos mudar de um documento de identidade de papel para um documento de alta tecnologia. Esta será a única carteira de ‘smart card’ com foto colorida e QR Code, por meio do qual será possível acessar os dados profissionais a partir de um celular”, define o presidente do Confea, engenheiro civil José Tadeu da Silva. “Essa é uma conquista dos profissionais do Sistema, que há anos pleiteavam um documento de identificação moderno, seguro e ágil”, acrescenta.

 

Treinamento

 

Nos dias 12 e 13 de Novembro de 2015, profissionais de 27 Regionais participaram de um treinamento com a área de Tecnologia da Informação do Confea e com representantes das empresas fornecedoras dos cartões e microchips do novo documento. Durante a capacitação, ficou claro que segurança, comodidade e agilidade são as chaves para o êxito desta iniciativa que projeta o Sistema para o futuro, na visão do gerente de Tecnologia da Informação) do Confea, Cristiano Oliveira.

 

“Fizemos uma imersão com representantes da área de TI e atendimento dos Creas, já que essa é uma iniciativa que virá em benefício dos profissionais e em benefício também dos Creas. Ficamos entusiasmados com a participação e o interesse. Todos captaram a importância desse momento para o Sistema Confea/Crea e Mútua ”. 

Para auxiliar a implantação da Resolução CF 1059/2014, que cria esse novo modelo, o Confea vai ceder aos Creas um kit de impressão, composto por um microcomputador, uma impressora de cartões, uma webcam, um coletor de assinatura eletrônica (PAD), além de um de montante de suprimentos para impressão e retransferência. “Será cedida a quantidade de suprimentos para 80.000 impressões, distribuídos proporcionalmente entre os Regionais, conforme o padrão histórico de uso da matriz anterior, de 2014`”  .

Tecnologias

 

Gerente comercial de uma das empresas que desenvolveram o treinamento, Evandro Guimarães, apresenta a nova carteira profissional do Sistema
Gerente comercial de uma das empresas que desenvolveram o treinamento, Evandro Guimarães, apresenta a nova carteira profissional do Sistema

 

A segurança do documento poderá ser medida pelo uso de tintas especiais que impedem cópias, além de informações em ultravioleta, QR Code e ainda um Chip PKI, que prepara para a inserção de certificados digitais no cartão, a famosa assinatura digital, que dependerá ainda da contratação de uma certificadora, por parte do profissional.

 

O cartão do Sistema Confea/Crea possibilitará o uso da certificação A3, o de maior segurança e com agilidade plena. Todos os dados pessoais serão criptografados, mantendo conexão com os servidores do Sistema Confea/Crea e Mútua. Já o uso do código de barras bidimensionais (QR Code) permite a transposição do cadastro profissional para placas e outros suportes, além da leitura de dados por smartphones. Ele também faz a ligação com o site do Confea, difundindo muito mais as informações dos profissionais regularizados, inclusive para a segurança da sociedade.

 

“Outro detalhe é que continuará cabendo aos Creas a atualização dos dados, no sistema de cadastro de profissionais Confea/Crea (SCI) . Haverá uma opção escrita ‘imprimir carteira profissional’. Automaticamente, os dados serão validados e impressos, se não houver nenhuma inconsistência”, diz o gestor, lembrando que, hoje, se o profissional está com dados inconsistentes ou com o nome incompleto, por exemplo, ele só consegue constatar isso depois da impressão da carteira. “Algo que poderia ser resolvido simplesmente visualizando a carteira profissional”. 

Quanto ao QR Code, o gerente de Tecnologia da Informação do Confea acrescenta que ele terá ainda a função de validar a carteira profissional, informando seu status: ativo, bloqueado, cancelado, suspenso. “Ela vai mostrar uma página com as informações básicas do profissional: nome, local do visto, Crea de registro, títulos do profissional e  situação da carteira profissional”.

 

Novo Sistema de TI


Segundo o gestor da GTI, esse sistema de impressão de carteiras é somente um dos sistemas do novo barramento de serviços que será implantado pelo Confea para os profissionais, o chamado SCI. “Aguardem,  em breve, muitas novidades boas  ainda virão por ai para os profissionais, e para o Sistema”, considera Cristiano Oliveira.

 

Henrique Nunes
Equipe de Comunicação do Confea