Clicky
Marca do Crea-AP para impressão
Disponível em <https://creaap.org.br/noticia_antiga_321/>.
Acesso em 29/11/2022 às 15h23.

Comitê Sindical Nacional Iberdrola se reunirá sexta-feira em Natal

29 de novembro de 2006, às 11h03 - Tempo de leitura aproximado: 2 minutos

OO Comitê Sindical Nacional Iberdrola se reúne na próxima sexta-feira em Natal para traçar uma pauta unificada para os eletricitários dos estados da Bahia, Rio Grande do Norte e Pernambuco, que tem data-base no mês de dezembro. A reunião será das 10h às 16h, no auditório do Potengi Flat. O encontro terá a presença de dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Energética e Empresas prestadoras de Serviços no Setor Elétricos e Similares do Rio Grande do Norte (Sintern), Sindurb (PE) e Sinergia (BA), sindicatos que atuam nos três estados nordestinos. Os eletricitários se organizam para consolidar uma campanha unificada na Cosern, Celpe e Coelba, embora ainda enfrentem resistência do Grupo Neoenergia, controlador das empresas. A categoria está reivindicando um reajuste de 10%, percentual que corresponde à reposição da inflação mais o ganho real, além de abono de R$ 2.500,00, e reposição de R$ 6,35 no ticket alimentação, mais as cláusulas sociais. No Rio Grande do Norte, a Cosern está propondo um reajuste de apenas 2,16% abono de R$ 700,00 e reposição de R$ 0,20 no ticket alimentação, valores considerados “irrisórios”, pelo presidente do Sintern, José Fernandes. Para o presidente do Sintern, a organização do Comitê Sindical Iberdrola vai dar mais poder de força na defesa dos direitos dos trabalhadores eletricitários, considerando que no bojo das negociações serão observadas as particularidades de cada região “Na reunião do Comitê Sindical nós vamos fazer uma avaliação da campanha salarial nos três estados, e decidir as ações de luta de maneira conjunta. Acreditamos que o resultado será um maior fortalecimento da classe trabalhadora, que vai nos dar maior poder de barganha na defesa dos nossos interesses”, pondera José Fernandes. Negociação – Na última terça-feira aconteceu mais uma rodada de negociação entre os dirigentes do Sintern e da Cosern, mas as negociações pouco evoluíram. A Cosern é uma das empresas que mais faturam no Estado. No último balanço, divulgado em novembro, foi registrado em aumento de 109,3% no lucro liquido do terceiro trimestre deste ano, algo equivalente a trinta e seis, trezentos e quarenta e cinco milhões. O lucro acumulado de janeiro a outubro é de R$ 92,952 milhões, ainda assim, nega-se a fazer uma reposição salarial justa para seus funcionários.