Clicky
Marca do Crea-AP para impressão
Disponível em <https://creaap.org.br/noticia_antiga_470/>.
Acesso em 29/06/2022 às 13h22.

Expofruit terá linhas de crédito à partir de parceria com bancos

12 de setembro de 2007, às 6h45 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

Além de conhecer os últimos lançamentos na área de fruticultura irrigada, os produtores que participarem da Expofruit 2007, terão acesso a informações de diversas linhas de crédito. Através do estande do Banco do Nordeste, duas modalidades de crédito serão oferecidas. Uma delas trata de financiamentos para investimentos fixos destinados a construções civis, instalações, máquinas, equipamentos, etc.

Nesta modalidade, a fonte de recursos é o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste – FNE, que estabelece juros fixos, que variam de 5% a 9% ao ano para a área rural, com redução de até 25% dessa taxa, caso o pagamento das obrigações seja feito rigorosamente em dia. O prazo dessa operação pode ser de até 12 anos, com até 04 anos de carência.

A outra forma de financiamento diz respeito ao capital de giro, para aquisição de matérias primas, insumos e mercadorias. Com relação à modalidade de capital de giro, o banco pode oferecer as alternativas de linha Giro-Insumos, destinada a compra de matérias-prima, com taxas preferenciais por conta, com 50% dos recursos bancados com recursos do FNE, bem como o Giro Simples, para atender necessidades não especificadas de capital de giro.

Além do mais, para financiamento de exportações, o Banco do Nordeste pode dispor de linhas de Adiantamento de Contratados de Câmbio. Por sua vez o Banco do Brasil irá disponibilizar duas linhas de crédito, a Finame Moderfrota e Investimentos MCR 6.2, para aquisição de máquinas e equipamentos.