Clicky
Marca do Crea-AP para impressão
Disponível em <https://creaap.org.br/noticia_antiga_510/>.
Acesso em 04/10/2022 às 10h06.

Confea defende suspensão de licitação da ANP

8 de novembro de 2007, às 3h57 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

O presidente do Confea, eng. civil Marcos Túlio de Melo, apóia a Carta do
Clube de Engenharia, que manifesta preocupação com decisões da Agência
Nacional de Petróleo e Biocombustíveis (ANP) quanto à licitação de blocos
para exploração de petróleo, conforme o edital da Nona Rodada, que será
realizada dias 27 e 28 de outubro.

O documento reivindica a suspensão da Nona Rodada e a convocação do Conselho
Nacional de Política Energética (CNPE) para se manifestar sobre a inclusão
das bacias e blocos ofertados no edital da ANP. A Carta sugere ainda que o
governo aproveite a oportunidade para criar um grupo de estudo, com
participação da sociedade civil, para debater o setor de petróleo no Brasil.

\”São enormes as perspectivas da existência de novas e grandes acumulações de
petróleo em áreas da Petrobrás, cercadas por blocos incluídos pela ANP no
edital da Nona Rodada, o que não recomenda colocar esses blocos em licitação
sem uma avaliação final da extensão dessas jazidas. (…) Se esse volume de
óleo for apropriado por empresas petrolíferas mundiais, estará o Brasil
inserindo-se de forma pouco vantajosa no palco de disputas energéticas
travadas pelas grandes potências\”, diz o documento.

A decisão foi tomada *Ad referendum* do Plenário do Confea, por meio da
Portaria-AD nº 335, publicada dia 5 de novembro.