Clicky
Marca do Crea-AP para impressão
Disponível em <https://creaap.org.br/noticia_antiga_655/>.
Acesso em 04/10/2022 às 10h35.

CONSUMISMO DO HOMEM PROVOCA DEGRADAÇÃO DO MEIO AMBIENTE

27 de junho de 2008, às 12h03 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

O 1º Workshop Eco Ambiental trouxe a Natal o jornalista, escritor e consultor ambiental Washington Novaes, que proferiu uma palestra sobre os novos limites da sustentabilidade ambiental. Na oportunidade, o supervisor geral do programa Repórter Eco, da TV Cultura, alertou sobre o estilo de vida atual da humanidade, que provoca enorme consumo de recursos naturais e a degradação de todo o planeta Terra.

De acordo com Novaes, estudos indicam que a humanidade consome 25% além da capacidade de reposição do meio ambiente. O Brasil já é o quarto maior emissor de gases poluentes do mundo, com 75% desses gases sendo resultado de queimadas e desmatamento realizados na Amazônia e no Cerrado. ‘‘Para garantir a sobrevivência dos seres que o habitam, seriam necessários dois ou três planetas como o nosso, caso todos os povos consumissem como os japoneses, norte americanos e europeus’’, ressalta Novaes.

Após a palestra do jornalista, houve o lançamento do Guia Cidadão Sustentável, uma publicação de 68 páginas com artigos de especialistas, abordando temas ambientais e trazendo dicas para que as pessoas possam, a partir de atitudes corriqueiras, diminuir a degradação pela qual vem passando o planeta em que vivemos. O guia está encartado na edição de hoje do Diário de Natal.

O workshop foi realizado durante a manhã de ontem, no auditório da Fiern, e contou também com uma exposição sobre o meio ambiente, na qual instituições de ensino e Ongs (organizações não-governamentais) apresentaram iniciativas próprias e materiais produzidos em favor do meio ambiente.

Fonte: Sílvia Ribeiro Dantas – Diário de Natal