Clicky
Marca do Crea-AP para impressão
Disponível em <https://creaap.org.br/noticia_antiga_798/>.
Acesso em 26/11/2022 às 11h54.

SEMURB ARTICULA PARCERIA COM O CREA-RN

2 de fevereiro de 2009, às 5h16 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

Uma parceria está sendo articulada pelo secretário de Meio Ambiente e Urbanismo, Eng. Kalazans Bezerra com o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA-RN), visando dotar a secretaria de um modelo de gestão mais ágil e segura. A primeira reunião aconteceu esta semana na sede da secretaria e contou com as presenças do secretário da SEMURB, do superintendente e do gerente de informática do CREA-RN, Claudionaldo Câmara e Silvano Maia Dantas, respectivamente, além de funcionários da Semurb.

Neste primeiro momento foi apresentado o sistema utilizado pelo CREA-RN, o MinervaWeb, que disponibiliza em tempo real todas as informações e mantém um banco de dados sempre atualizado. Este sistema foi desenvolvido pelos técnicos do próprio Conselho, já sendo utilizado por mais cinco estados da Federação. Segundo o superintendente do Conselho, Claudionaldo Câmara está ferramenta vai dar mais celeridade aos procedimentos, vindo atender uma grande cobrança da população de Natal.

A SEMURB apresentou seu sistema de Geoinformação que está sendo desenvolvido juntamente com o Sistema de Informação Geográfica (SIG). O georeferenciamento é colocado numa base cartográfica atualizada, ou seja, um retrato atual da cidade, vista de cima. Para Claudionaldo esta troca de experiência e de tecnologia vai ser muito proveitosa. “Ganha o CREA-RN, a SEMURB e a sociedade, afirma ele.

Kalazans Bezerra espera que este convênio seja assinado o mais rápido possível para que em no máximo seis meses este sistema esteja implantado, possibilitando ao cidadão mais rapidez nas respostas. Para ele esta ferramenta é de fundamental importância para o seu projeto de gestão. “A sociedade está cansada de esperar, precisamos dar respostas mais rápidas e seguras. Daqui a dois anos esta secretaria será a mais moderna”, ressalta ele.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Semurb