Clicky
Marca do Crea-AP para impressão
Disponível em <https://creaap.org.br/noticia_antiga_816/>.
Acesso em 27/06/2022 às 02h26.

23 DE MARÇO – DIA MUNDIAL DA METEOROLOGIA

20 de março de 2009, às 10h32 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

Atualmente, vivemos em um período de grandes mudanças climáticas devido, principalmente, às ações humanas. Também, nos deparamos com fenômenos naturais que vão desde longos períodos de seca até tsunamis. Nesse contexto, o papel da Meteorologia, que comemora seu dia em nível mundial hoje, é indispensável. A data – 23 de março – foi escolhida, considerando que neste mesmo dia, em 1950, foi fundada a Organização Meteorológica Mundial, autoridade especializada das Nações Unidas sobre os temas referentes à profissão.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), “a Meteorologia é definida como a ciência que estuda os fenômenos que ocorrem na atmosfera e está relacionada ao estado físico, dinâmico e químico da atmosfera, as interações entre elas e a superfície terrestre subjacente”.

Às vezes, os meteorologistas são conhecidos apenas como “profissionais do tempo”, que auxiliam na previsão diária de frio ou calor, sol ou chuva. Entretanto, são responsáveis por várias outras complexas atividades que afetam a economia em grandes proporções. O resultado de seu trabalho pode influenciar a agricultura, pecuária, pesca, habitação, turismo, entre outras. Com profundos conhecimentos físicos e matemáticos, lida com alta tecnologia; elabora e interpreta gráficos, mapas e modelos numéricos; analisa imagens de satélites e radares; e fornece informações com elevado valor para a sociedade.

Dentre as diversas atividades que pode realizar estão: a elaboração de boletins do tempo para empresas e produtores rurais; o estudo das condições climáticas para a orientação do tráfego aéreo e marítimo; a pesquisa da relação entre a vida animal, vegetal e a atmosfera para prevenir e reduzir alterações climáticas como o efeito estufa e o aquecimento global; o estudo das influências meteorológicas na área de telecomunicações para evitar interferências na transmissão e captação de ondas.

O campo de atuação do meteorologista é muito vasto. E essa é uma das razões pelas quais o mercado de trabalho para este profissional é imenso, tendo oportunidades, tanto em instituições privadas, quanto em órgãos estaduais, universidades e centros de pesquisa.

Fonte: Tânia Carolina Machado – Equipe de Comunicação do Confea