Clicky
Marca do Crea-AP para impressão
Disponível em <https://creaap.org.br/noticia_antiga_916/>.
Acesso em 26/11/2022 às 13h46.

ADALBERTO FARÁ VISITA AO ESTÁDIO NOGUEIRÃO EM MOSSORÓ

27 de outubro de 2009, às 12h36 - Tempo de leitura aproximado: 2 minutos

O presidente Adalberto Pessoa fará uma visita preliminar ao Estádio Nogueirão, em Mossoró. Será às 16h30, desta quinta-feira (29). Em 2010, o estádio deverá passar por uma vistoria detalhada, onde serão verificadas as condições de uso e segurança. A medida faz parte de um convênio de cooperação técnica firmado entre a União, por intermédio do Ministério dos Esportes, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e o Sistema Confea/Crea. “A fiscalização será rigorosa e os estádios deficitários terão que se adequar sob pena de interdição”, conforme Adalberto.

Pelo convênio, vai caber ao CREA-RN, organizar o recrutamento e cadastramento de profissionais interessados e legalmente habilitados para a prestação de serviços de emissão de laudos de vistoria de engenharia e laudos de estabilidade estrutural nos estádios de futebol do estado, conforme determina a Portaria nº 124/07, do ME. A portaria estabelece os requisitos mínimos a serem contemplados nos laudos previstos no Decreto Federal nº 6795/09, o qual regulamenta o artigo 23 da Lei nº 10.671/03 – que trata sobre o controle das condições de segurança dos estádios de futebol.

Durante a visita o presidente Adalberto fará uma avaliação básica das condições do estádio Nogueirão. No dia seguinte, Adalberto fará o mesmo procedimento no estádio de Pau dos Ferros, considerando que o município estará representado no campeonato estadual de 2010. A equipe do Centenário sagrou-se campeão da segunda divisão, conseguindo uma vaga na primeira divisão do futebol potiguar.

A CBF apresentou dias atrás o roteiro básico para adequação das praças esportivas no país. O roteiro-padrão de vistoria consta de 10 itens fundamentais para que um estádio esteja de acordo com as regras de segurança e conforto, entre eles: estacionamento amplo, acesso para que o torcedor possa chegar sozinho, acessibilidade para os portadores de necessidades especiais que não podem assistir aos jogos no gramado, enfermaria com maletas de primeiros socorros, tipo de gramado especial, boa capacidade de iluminação e arquibancadas com setores separados e espaço de 50 centímetros entre os assentos.

MEMÓRIA – Em abril, o presidente do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea), Marcos Túlio de Melo, entregou ao ministro do Esporte, Orlando Silva, o documento “Diretrizes Básicas para Elaboração de Relatório de Inspeção Predial em Estádios de Futebol”. O documento do Confea é uma sugestão de normas para a unificação dos laudos de engenharia em todos os estádios do país e é um dos itens do Decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em março, que regulamenta o artigo 23 do Estatuto de Defesa do Torcedor (Lei nº 10.671). A exigência, que visa a aumentar a segurança e o conforto do torcedor, torna obrigatória a apresentação de quatro laudos, podendo chegar a cinco, para autorizar a realização de jogos.