Clicky
Marca do Crea-AP para impressão
Disponível em <https://creaap.org.br/publicado-edital-de-convocacao-eleitoral-conselheiro-federal-representante-do-amapa-modalidade-eletricista/>.
Acesso em 14/08/2022 às 04h17.

Publicado Edital de Convocação Eleitoral – Conselheiro Federal representante do Amapá (modalidade eletricista)

As eleições serão realizadas no dia 3 de novembro, de forma totalmente online.

1 de julho de 2022, às 9h14 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

 

A Comissão Eleitoral Federal (CEF) do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), por meio de seu coordenador, o conselheiro federal eng. civ. Daltro de Deus Pereira, tornou público o edital para realização das eleições dos cargos de Conselheiro Federal e seus suplentes representantes das modalidades e grupos/categorias nos estados do Acre (Industrial); Alagoas (Agronomia); Amapá (Elétrica); Rio de Janeiro (Civil); Rondônia (Civil) e Sergipe (Elétrica), que terão mandato válido de 1º de janeiro de 2023 a 31 de dezembro de 2025.

Acesse o edital completo em nosso site: https://creaap.org.br/eleicoes2022/

As eleições serão realizadas no dia 3 de novembro, quinta-feira, nos estados já mencionados acima, de forma totalmente online, das 8h às 19h. O site de votação será informado em data próxima à realização do pleito.

O registro à candidatura como conselheiro federal e suplente poderá ser feito presencialmente na sede do Crea-AP, durante horário normal de funcionamento, ou de forma online, entregue de forma digitalizada em formato PDF legível e sem rasuras para o e-mail oficial da Comissão Eleitoral Regional (CER) cer@creaap.org.br até às 23h59 do dia 5 de agosto, sexta-feira.

Os resultados das eleições deverão ser divulgados pela CEF no dia 28 de novembro, segunda-feira, em edital a ser homologado pelo Plenário do Confea, conforme calendário aprovado na Decisão Plenária nº PL-0107/2022.

Para maiores informações, você pode entrar em contato pelo e-mail oficial da CER cer@creaap.org.br

 

Bruno Américo Lima Ferreira

Gabinete da Presidência